Proposta indecente

Uma mulher escreveu para um site financeiro pedindo dicas sobre como arrumar marido rico. Só isso já é insólito, mas o melhor da história é que um cara, possivelmente um economista ou investidor, deu a ela uma resposta bem fundamentada.

Mensagem dela :

 

“Sou uma garota linda (maravilhosamente linda) de 25 anos. Sou bem articulada e tenho classe. Estou querendo me casar com alguém que ganhe no mínimo meio milhão de dólares por ano. Tem algum homem que ganhe 500 mil ou mais neste site? Ou esposas de gente que ganhe isso? Vocês poderiam me mandar algumas dicas? Namorei um homem de negócios que ganha por volta de 200 a 250 mil, mas não consigo passar disso e 250 mil não vão me fazer morar em Central Park West.

Conheço uma mulher da minha aula de ioga que casou com um banqueiro e vive em Tribeca, e ela não é tão bonita quanto eu, nem é inteligente. Então, o que ela fez de certo que eu não fiz? Como eu chego ao nível dela?” Chris S…

 

Resposta DELE:

 

Li seu anúncio com grande interesse, pensei cuidadosamente sobre seu dilema e fiz uma análise da situação. Primeiramente, não estou gastando seu tempo, pois me qualifico como um homem que atende seu orçamento; ou seja, eu ganho mais de 500 mil por ano.

Isto posto, considero os fatos da seguinte forma: sua oferta, quando vista da perspectiva de um homem como eu, é simplesmente um péssimo negócio. Eis o porquê: deixando as firulas de lado, o que você sugere é uma negociação simples. Você entra com sua beleza física e eu entro com o dinheiro. Ótimo, fácil.

Mas tem um problema. Sua aparência vai se acabar e meu dinheiro vai continuar existindo, perpetuamente. De fato, é bem possível que meus rendimentos aumentem, mas é certeza absoluta o fato que você não vai ficar nem um pouco mais bonita!

Assim, em termos econômicos, *você é um ativo sofrendo depreciação e eu sou um ativo rendendo dividendos*. Você não somente sofre depreciação como esta depreciação é progressiva, sempre aumenta! Explicando, você tem 25 anos hoje e deve continuar gostosa pelos próximos 5/10 anos, mas sempre um pouco menos a cada ano. O fim de sua aparência começa cedo e em alguns anos você já estará acabada!

Então, usando o linguajar de Wall Street, *nós a chamaríamos de “trading position” (posição para comercializar), e não de “buy and hold” (compre e retenha), que é o que você deseja… daí o problema casamento. Não faz sentido, do ponto de vista de negócios, “comprar” você (que é o que você quer), portanto *prefiro alugá-la*.  Se você estiver pensando que estou sendo cruel, eu tenho a dizer o seguinte: se meu dinheiro vai se acabar, você também vai. Então, quando sua beleza se esvair eu tenho que ter uma opção de saída. É simples assim. Um negócio razoável, portanto, é um namoro, e não casamento.

Paralelamente a isso, bem no início da minha carreira me ensinaram sobre mercados eficientes. Assim, eu me pergunto como uma garota “articulada, com classe e maravilhosamente linda” como você, ainda não achou seu tio Sukita. Acho difícil acreditar que você é tão bonita quanto diz e os 500 mil dólares ainda não te encontraram, nem que fosse pra um “test drive”.

Por sinal, sempre há um jeito de você descobrir como ganhar dinheiro por conta própria, para que não precisemos ter essas conversas difíceis.

 

Com tudo isso dito, devo dizer que você está tentando da maneira certa. É a clássica “capitalização via golpe do baú”. Espero que tenha sido útil e, se quiser negociar um contrato de aluguel, fale comigo.

 

Resguardada a identidade do autor desta sábia resposta, tive de comentar essa matéria que recebi por email.

Infelizmente é o que passamos no nosso dia-a-dia de fato, são pessoas que passam por nossas vidas dizendo que nos amam quando o objeto final é o conforto advindo de nosso padrão social.

Não se pode chamar isso de valor, tendo em vista que é uma desvalorização de si próprio. Na prática a mulher, por um contexto histórico de submissão familiar tende a praticar de forma mais constante, mas não que esse fato exima os homens de agirem assim também, justamente por causa dessa busca incansável das mulheres se igualarem ao homem, no mercado de trabalho, que ocasionam essa submissão também masculina.

É fato que a mulher com seu corpo tem um poder de manipular qualquer homem com muita facilidade, e a questão do dinheiro é só um poder maior ou menor de escolha. Vide caras ricos com mulheres gatas e gostosas.

Isto significa que quanto maior seu poder monetário, e dane-se a fonte dele nessas horas, maior será seu poder de escolha e, por conseqüência menor submissão ao sexo feminino.

Não estou aqui criticando a mulher, mas obviamente que o cara com um poder aquisitivo melhor, se contiver as mesmas qualidades de um cara mais “simples”, ele estará anos-luz a frente no coração da prezada moça.

Porém, isso acontece com as mais jovens, que ainda não conquistaram seu próprio lugar no mercado e tendem a ter medo de ficarem pra “titia”. A mulher mais velha e com sua própria vida construída, não pensa desta maneira, bastando os valores mais puros e simples.

Eis que surge um problema que as mulheres tem de vencer e que poucas conseguem. Passar por essa fase de jovialidade e medos sem se deixar levar pela soberba e ganância.

Nessa fase elas pisam nos que têm valores morais e éticos bem fundados e deixam no topo do ranking de suas escolhas os “riquinhos”, ou mesmo os “pobrinhos” que tratam elas como “mulher” (homem vagadundo e canalha), como elas dizem, mas que na verdade nem elas sabem o que querem; e porque todas dizem que isso é a vida, tá valendo!

E o homem pelo lado oposto da estória toda, age como um “asshole” mantendo seus gastos com bebida e outras “quinquilharias” como carrões, roupas da moda, convites caros para festas e eventos.

No final, é bom comentar entre amigos que só o fato de ter conseguido conversar com alguém fez valer toda àquela noite, para não cair numa depressão F$@#%^!

Vamos ver pelo lado do jogo:

A mulher com seu dote corporal e o homem com seu dote monetário.

Como diz o samba que tocam por ai… BANANA, PIRULITO OU SALSICHA, MULHER GOSTA DE DINHEIRO, QUEM GOSTA DE PIRU É BICHA!

Obvio que nenhuma vai falar isso e ainda vai me criticar, mas não quero que pensem assim com esse olhar auto-critico. Faz parte do ser humano, afinal nos homens damos trela a esse tipo de atitude, porque fazemos questão de mostrar nossos cordões de ouro, nosso carro, nosso poder, nosso status, como vitrines de grife em época de natal.

Vocês escolhem!

Graças a Deus meu problema não é falta de mulher e muito menos esse preconceito que exponho no tópico. Mas tenho total consciência de que pouquíssimas mulheres merecem todo o carinho que tento dar, e mais, o respeito que elas exigem.

Para as que não se deturparam perante essa “filosofia de vida”, dar-lhes-ei o meu parabéns em virtude desses valores tão preservados que vocês mesmas exigem em nós homens.

Dinheiro é bom e faz um bem danado, mas nada vai pagar sua paz de consciência ao se deitar todo dia.

Satirizando mais ainda o tópico, eu diria que a moça que se ofereceu está cometendo o ilícito do estelionato, previsto em nossa legislação penal no artigo 171, famoso artigo que dispõe:

“Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento:”

Fica somente uma pergunta:

–       Se dinheiro não tráz felicidade e a mulher procura o homem com dinheiro, será que o homem é a felicidade a mulher?!

Desculpem àquelas que respeitam o homem, e também às que mesmo diante de todas as adversidades da vida, lutam pelos seus ideais sem machucar corações em busca do dinheiro.

Aliás, mesmo com essa pergunta tão humilde e pouco machista, guardada a devida ironia, devo dizer que a mulher é o objetivo de o homem estar em pé e lutar pelos seu ideais, sendo assim a mulher é o ideal de todo homem.

Homem não chora, exceto por mulher. Homem não deseja brigar, exceto se for por mulher. Homem não se cuida para ter uma vida saudável, mas para conquistar uma grande mulher. Homem não estuda e trabalha para ser um rico solitário, mas para poder dar o conforto que ele queira dar a quem estiver ao seu lado dividindo o lar.

“Homem não é todo ser vivo que respira e está de pé, mas sim àquele que consegue reconhecer os valores que a mulher tem além do seu corpo.”

Carlos Imbrosio Filho.

3 respostas para Proposta indecente

  1. Cintia disse:

    Não me enquadro, nem tenho nada contra o perfil de mulher descrito, mas lamento vc ter uma visão tão focada. Dizem, que os homens não tem uma visão periférica mto boa msm hahahahaha
    bjsssssssssss
    obs brincadeira

    • Animus disse:

      bem, a respeito da brincadeira foi oportuna, mas nao disse que todas sao assim… e isso foi um email que critiquei tao somente… beijoss

  2. cintia disse:

    Eu tenho certeza que vc não generalizou em sua crítica, mas vc já procurou analisar o pq desse perfil de mulher? eu acredito que td tem um pq, pensa e me diz.
    bjssss

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: