Melhor se preocupar com o seu coração

Andar e pensar em tudo que está ao seu alcance, lembrar do passado e prever o futuro. Parece difícil demais dimensionar tudo que acontece ao nosso redor, ainda mais hoje que temos tantas fontes de informações rápidas.

Diante de toda esse “boom” de informações que recebemos, deixamos de lado coisas simples que no final das contas farão toda a diferença. Estou falando de coisas ligadas ao amor e ao coração.

Que atire a primeira pedra quem nunca sentiu um friozinho na espinha quando olhou para outra pessoa que se sentia atraído. Você pode ser idoso ou jovem, bandido ou honesto, primeiro ministro ou mendigo. Atinge a todos esse sentimento que no fim das contas, tecnologia alguma irá modificar.

Quando se ama se entrega, se sente saudades, deseja estar junto. O amor contamina qualquer pessoa em qualquer lugar do mundo, atinge todas as camadas sociais e o dinheiro não compra jamais um coração.

Você gosta de graça e não precisa que alguém diga isto.

Tudo que a pessoa faz é entendível e aceitável, e seus defeitos são postos como características muitas das vezes bem qualificadas. Todos os comportamentos esquisitos não são assim vistos, e sempre se acha uma resposta para tal.

Portanto, o que você espera para sentir isso tudo?!

Faz parte da nossa vida sentir o amor dentro de nós. Nos torna mais educado, paciente, sorridente, saudável.

E da saúde quero adentrar com afinco. Se observarmos o sentido do amor, iremos perceber que tudo que gastarmos para recuperar nossa saúde, foi oriundo de um momento esquecido de amar.

São as dores da depressão; os problemas de pulmão, porque fumamos em troca de um prazer distinto do amor; o fígado que chora pela bebida que desce pela dor de algo mal resolvido ou o mesmo prazer distinto do amor. É bom se enganar de “vez em quando”.

Olha quanto ganhamos pelo amor. Ele não se compra com dinheiro e ainda te faz economizar um monte!

O amor sem medo de ser vivido, aquele que nos faz lembrar do nosso primeiro. Utopia é algo a se pensar.

“é algo como olhar uma piscina pela primeira vez e mergulhar de cabeça.”

Portanto, viva esse amor dentro de você também. Não precisa convencer o mundo para que isso exista, basta acreditar e ver em alguém o valor suficiente para toda sua dedicação.

Eu acredito no amor puro de quando era criança. Sinto saudades sim da minha infância, mas não desisto nunca de buscar o amor daquela época, esse sim verdadeiro.

É amor que não se cobra do outro, mas de si próprio.

Carlos Imbrosio Filho.

Uma resposta para Melhor se preocupar com o seu coração

  1. Cintia disse:

    Adorei qnd vc diz: que os defeitos da pessoa amada mtas das vezes são postos como qualidades….o amor é bem assim msm, fica bonito oq é feio, até cheiroso oq nem é rss, interessante oq nem é, e por ai vai…é um sentimento “singular e essencial” que torna a vida mais interessante, deve ser triste quem passa pela vida e nunca se alegrou ou sofreu por AMOR.
    bjsssss

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: