COMODISMO: A MODA DO SECULO

Será que pega essa moda de esperar que o outro faça tudo por você?

Hoje em dia, as pessoas que mais se dizem autônomas e independentes têm, por trás um verdadeiro exército de pessoas que assessoram a sua vida.

Sempre super dimensionamos nossa jornada diária, e assim sempre cobramos do outro tempo e dedicação demasiadamente.

O pior vem quando um trabalha ou estuda e o outro não, ai sim vira motivo para inferiorizar o que não faz nada sempre.

Não é raro encontrar casais onde um dos parceiros cobra dedicação exclusiva do outro, sendo que utiliza de artifício o fato de ter mais tarefas obrigacionais. A desculpa do você vem me visitar por que você não trabalha e eu sim, se torna rotineira e um não significa o inicio de um gama de traições, não somente a de ir para cama com outro, mas de iniciar o processo do ignoratio e afastatio do seu namoradinho/a.

É muito cômodo esperar que façam as coisas por você e resolvam seus problemas. Com poucas armas se conquista o outro e dai se mantém o relacionamento na base de trocas injustas, muitas das vezes.

Toda relação é uma troca de interesses, e quando essa troca envolve a oferta de objetos almejados por ambos, torna-se o casamento. A eterna conquista do parceiro é exatamente a renovação desses objetos de desejo do outro em ti.

NADA É PERFEITO!

Por isso nunca estaremos safos de sermos traídos por amigos e companheiros.

Ao longo de nossas vidas, vivenciamos mudanças ao nosso redor e o mundo que nos circunda é um poço de tentações. Dessas tentações surgem as ambições e por ai podemos retirar que:

Devemos encontrar aquela pessoa que abrace as mesmas metas, bem como àquela que conversamos sobre diversos assuntos e nunca chegamos a um ponto final.

Os dois devem ter seus próprios esforços e resolver seus problemas com autonomia, somente requerendo o parceiro/a em um caso que de fato seja impossível resolver só. O que não acontece, na maioria dos casos, onde um dos parceiros se torna capacho do outro, e por isso se inicia um período de raiva e rancor.

Isso desencadeia uma serie de problemas psicológicos e de estresse interno, e o parceiro capacho acaba se sentindo inferior e submisso, o que torna o dominante apto a praticar atos de desrespeito deliberadamente.

Exemplo:

Um casal começa a namorar, tudo que ela pede o cara faz de coração. De repente o cara repara que abriu mão de sua vida por ela só para ir ao encontro e resolver as pendências da dama.

A dama se sente poderosa diante desta situação e começa a pisar nele. Pisar no sentido de, quando livre sair com outro rapaz, fazer as coisas que fazia quando solteira.

O rapaz inicia uma depressão aguda de inferioridade e cada vez mais fica cego pela dama.

Destarte a dama consegue casar-se com ele, sugar-lhe todo o sangue de seu esforço, e por assim dizer torná-lo inutilizado para outros fins. Aliás, seu próprio fim de ser feliz por exemplo.

Isso não acontece de mulher para com homem, mas ao contrario, quando um cara com muito dinheiro domina uma moça pobre e sempre usa de palavras de baixo escalão para exibir a sua dominância sobre a mulher, seja pelo poder do dinheiro a que ela se submeteu.

Entre outros motivos, temos a disparidade entre belezas dos dois, o dinheiro, as distinções sociais como fatos motivadores desses conflitos.

Os extremos podem se atrair sim, da mesma forma que pessoas muito parecidas também. Porem precisamos ver até quando os dois querem ficar juntos e suas metas se entrelacem.

O que não pode acontecer é o homem achar que vai encontrar uma dama que faça tudo por ele, para que sobre tempo para ele se divertir, e do contrario, a dama aguardar que o donzelo da sua vida bata a sua porta, se nem um singelo sorriso com um olhar provocador ela deixou ao menino do qual era afim há tempos atrás.

Chega de comodismo, ninguém deve fazer tudo por alguma coisas. Vivemos em grupo, nosso trabalho é em equipe.

Carlos Imbrosio Filho.

3 respostas para COMODISMO: A MODA DO SECULO

  1. Monique disse:

    Olá,boa tarde!
    sou mulher e simplesmente concordo com todos os seus textos Carlos e Felipe,
    não acho comodismo legal,e sinceramente se todas mulheres deixarem de ser “capacho” de homem o mundo iria ser muito mais alegre!
    mulher tem e deve se cuidar SEMPRE pra que o relacionamento não vire um “eu estou com ele porque já virou comodo mais não sinto nada por ele” FALA SÉRIO!
    eu sou solteira,tenho 22 anos e estou feliz porque não dependo de homem nenhum para as minhas necessidades,não estou falando somente de dinheiro,mas para tudo,não quer dizer que sou “piranha” quer dizer que sei com quem devo me envolver ou não,quem presta e quem não presta,mesmo porque porque iria me aproximar de quem so quer me usar? iria me fazer sofrer não é?enfim ..

    eu estava lendo um livro recentemente que me ajudou a “acordar” pra um ex relacionamento que tive ..
    se chama “porque os homens se casam com as mulheres poderosas?” o titulo é uma versão do que as mulheres “capachos” fazem e o que elas poderiam deixar de fazer ou fazer menos..
    garanto que se você ler vai ver que tudo o que fala em seus textos tem um pouco la..

    OBS: LI VÁRIOS TEXTOS SEU E SEMPRE QUE SAIO COM HOMENS,ESTOU DIZENDO HOMENS E NÃO CRIANÇAS,EU PAGO A MINHA CONTA! ALIAS TODAS AS MULHERES DEVERIAM FAZER O MESMO!!

    Abraço !

    • Animus disse:

      Cara monique! São dessas mulheres capazes e com vontade de mudar que estamos falando! Sua independencia deve contaminar o mundo. Adorei seu comentário. Muito construtivo e rico em novos pensamentos para futuros posts! Se quiser expressar sua forma de pensar em forma de texto, peço encarecidamente que envie em arquivo .doc (word) para o email carlosfilho7@hotmail.com, que tambem é msn e pode ser palco de novas discussões. Obrigado por nos ajudar com seu comentário! Abraços!

  2. monique disse:

    Que bom que você gostou Carlos,mandei meu texto pra você ver ..
    Abraço!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: